sexta-feira, 4 de março de 2011

Feinco’2011 será palco de grande oferta de matrizes Dorper e White Dorper PO

Com transmissão pelo Canal Terra Viva, 4° Leilão Dorper Campo Verde coloca em oferta 40 matrizes da mais alta qualidade

Detentora da maior reserva genética das raças Dorper e White Dorper de linhagem 100% sul-africana do País, com mais de 5.000 embriões importados, a Dorper Campo Verde, de Jarinu (SP), promove no dia 25 de março, às 21 horas, durante a Feira Internacional de Caprinos e Ovinos - Feinco, o 4° Leilão Dorper Campo Verde, que colocará à venda 40 matrizes PO de alto padrão genético e funcional.

“Os animais
em oferta foram cuidadosamente selecionados. Estamos abrindo mão de barrigas consagradas, que vão gerar futuros campeões nas pistas. É bem provável que algumas delas sejam consagradas nesta edição da Feinco”, afirma Lucas Heymeyer, responsável pelas Vendas da Dorper Campo Verde, ressaltando que, na ocasião, também será vendido um reprodutor de destaque na seleção Campo Verde.

Carlos Vilhena Vieira, gerente da Dorper Campo Verde, explica que essa seleção atende os criatórios mais exigentes. São animais ideais para reposição e melhoria de plantel e também para quem deseja iniciar criação com algumas das melhores opções genéticas disponíveis no mercado. Ele complementa que essa é uma grande oportunidade para adquirir a melhor genética das raças Dorper e White Dorper, tendo em vista que as importações de genética sul-africana estão temporariamente suspensas.

Selecionado há mais de 70 anos na África do Sul, o Dorper foi criado a partir da necessidade de se ter uma raça eficiente em produção de carne e, ao mesmo tempo, bem adaptada às condições áridas daquele país. É um animal de muita rusticidade, de excelente conversão alimentar e qualidade de carne, além de ser muito fértil e precoce, características que condizem perfeitamente com as necessidades da ovinocultura brasileira. “Hoje, contamos com um plantel de 1.500 animais puros de origem, fruto dos 5.000 embriões importados, dos 20 melhores criatórios da África do Sul”, conclui Lucas Heymeyer.

A raça cresceu mais de 600% nos últimos três anos, contando atualmente com um rebanho acima de 30 mil animais registrados. Em sistema de cruzamento industrial, o carneiro sul-africano agrega ganhos de até 25% em precocidade sexual e de terminação, velocidade de ganho de peso e rendimento de carcaça.

Novidades nas pistas - A Dorper Campo Verde vem promovendo a seleção de ovinos Dorper e White Dorper, com um programa de melhoramento genético perfeitamente sincronizado aos melhores criatórios da África do Sul, berço das raças. Os resultados mais recentes desse projeto estarão à mostra na 8ª Feira Internacional de Caprinos e Ovinos. A propriedade participará com 56 animais em pista de julgamento, reservando a estreia de novas linhagens sul-africanas.

No campeonato de fêmeas, a grande novidade será a participação inédita de borregas dos reprodutores JOJO e MARIO, animais consagrados na principal competição sul-africana em 2010. Revelação do plantel de Mickey Phillips, JOJO é filho do mundialmente conhecido HOT DOG, genética inédita no Brasil. “É um animal que expressa a totalidade da raça. Para se ter ideia, algumas fêmeas selecionadas por Phillips para a Internacional da Raça na África do Sul conquistaram a maioria dos prêmios.”, explica o Eng. Agrônomo Carlos Vilhena, gerente da Dorper Campo Verde, ressaltando que a cabanha têm direito exclusivo de uso deste reprodutor nas coletas de embrião.

Adquirido pela Campo Verde no berço da raça, Mário é outro importante exemplar. Pertencia aos criadores Mickey Phillips e Phillip Strauss, os melhores em seus respectivos países (África do Sul e Namíbia). “Fêmeas desse reprodutor também foram bem premiadas, fazendo parte do time de pista de Mickey Phillips, que em 2010 só pôde participar com fêmeas. É um animal de genética extraordinária e inédita no Brasil”, complementa o técnico.

Nesta edição da Feinco, a Campo Verde também levará reprodutores que estreiam em grandes campeonatos. No White Dorper, o grande destaque será Dorper Campo Verde 1721, o “FREDDIE”, animal escolhido pelos jurados da Nacional da Raça em 2010 como o melhor reprodutor da exposição. Como tinha apenas sete meses de idade, não pode participar da “grande roda”.

Para o grande campeonato de machos Dorper, a grande aposta são dois reprodutores top, que devem surpreender os jurados e conquistar títulos importantes: o Dorper Campo Verde 1734, filho do DCV 0167, o renomado KOSTER, e um filho de “JAKE”, animal de elite na África do Sul, também utilizado com exclusividade pela Dorper Campo Verde.” Esses carneiros conquistaram os títulos de Campeão e Reservado Campeão Nacional em 2010 na categoria Borrego”, finaliza Vilhena.

Dorper Campo Verde - (11) 2626-9493 / www.dorpercampoverde.com.br


ATENDIMENTO À IMPRENSA
Pec Press - Imprensa Agropecuária
Adilson Rodrigues - Jornalista Responsável (Mtb 52.769)
Robson Rodrigues - Coordenação e Atendimento
Telefones: (11) 3876-8648 / 8236-6923
adilson@pecpress.com.br e
robson@pecpress.com.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário