sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Borrega do Futuro atrai invetimentos de todo o Brasil

A Dorper Campo Verde, de Jarinu (SP), promoveu entre os dias 11 e 16 de outubro, a terceira edição do Concurso Borrega do Futuro, evento que reuniu cerca de 150 fêmeas jovens das raças Dorper e White Dorper, inscritas por criadores de São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Goiás. ”Registramos crescimento no número de criadores e animais a cada edição, pela acessibilidade que o evento proporciona à melhor genética e também pela possibilidade de permitir a correção de possíveis falhas nos trabalhos de seleção”, a firma Lucas Heymeyer, responsável de vendas da cabanha.

Grande diferencial da mostra, campeãs e reservadas em cada uma das seis categorias de Dorper e White Dorper foram a leilão no dia 15, que também contou com uma bateria seleta de 20 animais da Campo Verde, genética que Heymeyer faz questão de afirmar ser de origem 100% sul-africana. As fêmeas de destaque no Grande Campeonato também foram vendidas e só foram anunciadas ao final do leilão, permitindo que fossem arrematadas de forma democrática.

Foram 41 fêmeas por R$ 434,1 mil, cinco machos por R$ 57,6 mil e pacotes de sêmen de importantes reprodutores por R$ 100,8 mil, montante que representou o expressivo faturamento de R$ 592.560,00. Em média, cada fêmea saiu por 10.589,27, enquanto os machos R$ 11.520,00.  “Foi um leilão de qualidade excepcional, característica frequente no Borrega do Futuro. Essa iniciativa em aliar uma exposição e um leilão agradou os investidores, que estão muito bem servidos de uma genética sem igual”, comentou Guilherme Sanchez, leiloeiro responsável pela vendas.

O evento reuniu cerca de 200 criadores no recinto de eventos da propriedade, principalmente de São Paulo, Goiás, Alagoas, Minas Gerais, Paraná e Pernambuco; muitos participando com borregas de 04 a 12 meses no julgamento, algumas estreando carreira de pista. “Percebemos que a cada ano os criadores selecionam os melhores animais em suas propriedades, garantindo a evolução do Dorper e do White Dorper no Brasil e também um evento muito disputado”, explica Carlos Vilhena, gerente da Dorper Campo Verde.

Destaque da competição – Em mais uma edição, a cabanha Kalil, propriedade de Eduardo Ferreira Lobo, em Indaiatuba (SP), foi o grande destaque do Concurso Borrega do Futuro. Mesmo há pouco tempo na seleção, ele desenvolveu certo tino em avaliar bons animais. Sua propriedade destacou-se como maior comprador, com quase R$ 140 mil em investimentos. Sem saber, acabou levando para sua criação a Kaiowas Konstaza E 232 (Grande Campeã da Raça Dorper) e a Gilaverti 67W (Grande Campeã White Dorper). Esses animais foram inscritos pela Kaiowas Dorper, de São Paulo, e Cabanha do Espanhol, do Paraná.

Participando pela primeira vez no concurso, o criador Saul Ferreira Moura Filho, dono Fazenda Mourão, em Jataí (GO) se juntou à mineira Ida Vale Brasil Agronegócios Ltda. para arrematar a fêmea Five Stars Catrina 140 (Reservada Grande Campeã Dorper). O goiano investe na criação de ovinos há cinco anos e decidiu comprar reprodutores Dorper ao perceber que somente o Santa Inês não era capaz de atender suas expectativas na produção de cordeiros.

“Depois que fiz esse cruzamento, consegui aumentar o rendimento de carcaça para 50% de aproveitamento, resultado que me motivou a diminuir o rebanho de bovinos e aumentar a oferta de cordeiros, Hoje, já confino mais de 1.000 animais, produção que é vendida em Goiás e também em São Paulo a um preço bem razoável”, explica.

O comprador da Reservada Grande Campeã White Dorper, a fêmea Guarantan TE 276, do expositor Fernando Hilário Fioravante, foi o criador Carlos Henrique Santos Rodrigues. Os melhores criadores e expositores da raça White Dorper foram Cabanha do Espanhol e Cabanha Interlagos. No Dorper os destaques foram a Kaiowas Dorper (Melhor Criador e Expositor) e MOV Dorper, de Atibaia/SP (segundo melhor Criador e Expositor). Incentivo extra ao investimento, os comprados das grandes campeãs ainda receberam um prêmio de R$ 5.000,00.

SAIBA MAIS:

Dorper Campo Verde – (11) 2626-9493

 
Pec Press - Imprensa Agropecuária
Adilson Rodrigues – Jornalista Responsável (Mtb 52.769)
Robson Rodrigues – Coordenação e Atendimento
Telefones: (11) 3876-8648 / 8642-8773
adilson@pecpress.com.br e robson@pecpress.com.br 

Nenhum comentário:

Postar um comentário