sábado, 31 de março de 2012

40 fêmeas Dorper e White Dorper em leilão virtual

Detentora de linhagens dos melhores criatórios de ovinos Dorper e White Dorper da África do Sul, a Fazenda Campo Verde, de Jarinu (SP), promove em 11 de abril (quarta-feira), às 21 horas, pelo Canal Terra Viva, uma das maiores ofertas de fêmeas Dorper e White Dorper do Brasil. Este é o Leilão Virtual Matrizes Dorper Campo Verde, que venderá 40 ovelhas provadas, muitas prenhas ou paridas. Durante a programação, ainda serão ofertados 10 carneiros puros e avaliados.

O responsável de vendas Lucas Heymeyer comenta que poucos criadores têm fêmeas suficientes para vender e que o evento gera esta oportunidade, inclusive aos novos investidores. “Essa é a principal meta para este ano. O mercado segue em alta para ovinos e permanecerá assim por muitos anos. Muitos empresários estão de olho no rápido giro de capital da atividade e para atender este público estamos vendendo fêmeas selecionadas, ideais para quem queira formar plantel”, argumenta Heymeyer, frisando que, em alguns casos, o retorno pode aparecer mais rápido do que o esperado.

A própria Campo Verde é prova disso.  Em poucos anos, a fazenda tornou-se a principal referência na seleção das Dorper e White Dorper, formando a maior reserva genética de linhagem sul-africana no Brasil, com mais de 5.000 embriões importados.  A genética da propriedade também está presente em fazendas de todo o país, além de ter na sala de troféus os principais campeonatos nacionais.
Segundo o médico-veterinário da fazenda, Manoel Cláudio da Cunha Júnior, o manejo correto foi determinante para o sucesso do empreendimento. A fazenda não trabalha com estação de monta. Para que haja nascimentos em todos os meses, são feitas coletas e inseminações mensais.

Os 1.500 animais do plantel são criados em 30 módulos de pastejo rotacionado, com piquetes com 1.000 m² cada um. Os borregos em crescimento recebem concentrado no cocho e outros produtos são utilizados na manutenção nutricional dos animais adultos. “Esse conjunto permitiu resultados satisfatórios, principalmente em relação à sanidade e, conseguinte, na baixa taxa de mortalidade”, explica.

A seleção dos animais é feita com base nas características economicamente importantes. As DEPs (Diferença Esperada na Progênie) entram como uma ferramenta adicional no processo, ajudando a identificar os lotes de melhor produção, habilidade maternal e fertilidade. Os machos são escolhidos a partir de controle ponderal, avaliação de carcaça e escore corporal.  Avaliação de carcaça por ultrassonografia também integra o processo e permite medir a Área de Olho de Lombo, que tem relação direta com musculatura e qualidade de carcaça. “Tudo isso para oferecer aos pecuaristas animais de alto padrão genético em perfeitas condições de sanidade reprodutiva”, conclui.

SAIBA MAIS
Dorper Campo Verde
(11) 2626-9493/ 
ATENDIMENTO À IMPRENSA

Pec Press - Imprensa Agropecuária
Adilson Rodrigues – Jornalista Responsável (Mtb 52.769)
Robson Rodrigues – Coordenação e Atendimento
Telefones: (11) 3876-8648 / 8642-8773
adilson@pecpress.com.br e robson@pecpress.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário