sábado, 21 de abril de 2012

MEGALEILÃO 10012 DA ESTÂNCIA BAHIA

Ocorre hoje (21 de abril) às 12h, em Água Boa (MT), a primeira etapa de vendas do Megaleilão da Estância Bahia, conhecido como o maior evento da pecuária mundial. O compromisso firmado pela empresa promotora é vender, no mínimo, 10.012 bovinos de cria, recria e terminação, porém, mais de 40 mil estão alojados no recinto. No dia 13 de maio, o circuito segue para a cidade de Britânia (GO) e retorna para Mato Grosso, em Cuiabá, dia 19 de maio. Os três remates serão transmitidos pelo Canal Terraviva, a partir das 12h.

Segundo o empreendedor Maurício Tonhá, diretor da Estância Bahia, o volume ofertado em cada remate é algo surpreendente, por não haver outra ocorrência do gênero com essa quantidade ofertada num único dia e local. Além de que o evento vem registrando recordes sucessivos ano a ano, com volumes muito acima das expectativas. “Nosso objetivo não é bater recordes. Esse resultado se dá pela demanda mundial por carne bovina, aliada à necessidade constante por animais de reposição nas fazendas brasileiras. Podemos ofertar um volume dez vezes maior que este, que mesmo assim seria um número inexpressivo dentro do contexto de toda a pecuária nacional. Mas, uma de nossas prioridades é fornecer animais de qualidade superior”, aponta Tonhá.

Essa é a primeira vez que o megaleilão é estendido além Mato Grosso. Goiás foi escolhida por liderar o ranking de confinamento no país, com 45% de todo o gado confinado, cenário condizente com as atividades do Grupo Estância Bahia. O projeto ganhou força depois de um pedido feito pelo próprio Marcelo Marcondes, presidente da Aprova. “Já fazia algum tempo que pleiteávamos essa possibilidade com o Maurício Tonhá, mas foi no ano passado, durante a Feicorte, que conseguimos convencê-lo. Por ser uma pessoa que adora desafios, ele não pensou duas vezes em aceitar. Goiás tem uma pecuária muito sólida e produtiva, com pecuaristas profissionais preocupados em manter a evolução da atividade. Será um evento grandioso assim como é a nossa pecuária”, destaca.

O megaoferta em Água Boa não deve superar às 40.711 cabeças vendidas em 2011 - a capacidade física não comporta um volume superior de animais-, mas o circuito deve garantir crescimento estimado em 10%.


Último recorde mundial – Em 2011, duas etapas do Megaleilão da Estância Bahia responderam por 63,5 mil bovinos ofertados, 20% a mais que na edição anterior. Em Água Boa, 40,7 mil unidades geraram faturamento de R$ 36 milhões. Em Cuiabá 15.789 machos e 7.095 fêmeas saíram R$ 19.685 milhões.


A demanda é tão grande que, somente no ano passado, um único criador arrematou mais de cinco mil animais. Houve até participação direta da indústria, como a JBS, que comprou uma quantidade expressiva para o confinamento próprio. O evento conta com ofertas diversificadas, reunindo cruzas de várias raças, como Nelore, Brahman, Angus, Brangus e Guzerá. É também uma grande vitrine tecnológica, na qual podem ser conferidos os avanços em genética e nutrição.


História de sucesso – A primeira edição do Mega Leilão aconteceu em 2001, em comemoração as 10 anos de atividades da Estância Bahia como empresa leiloeira rural. Maurício Tonhá relembra que naquele ano anunciou a realização de um pregão com 10.000 animais, sendo até chamado de “picareta” por um criador. Em resposta, disse: “Se você não acredita, faço questão de pagar um avião para te buscar para que possa assistir ao evento. E digo mais, agora não serão dez mil animais e sim 10.001”.
O desejo em superar a marca resultou em nada menos que 12.861 animais comercializados e, de lá para cá, os números exponenciais não param de crescer. A cada ano um novo recorde surgia e, ao mesmo tempo, aumentava o desejo dos pecuaristas em fazer parte dessa história. Hoje, além de realizar os maiores leilões do planeta, a Estância Bahia detém um sistema de armazenagem de grãos, presta serviços na produção e colheita de silagem, atua no confinamento para terceiros - estrutura que comporta mais de 30 mil animais por giro -, além de organizar eventos comerciais de outros criadores Brasil afora. Possui até um programa de TV, a Central de Negócios,

Cadastro e Lances: (66) 3468-6600 / (65) 2121-6700
www.estanciabahia.com.br

ATENDIMENTO À IMPRENSA

Em Água Boa (MT): Wolney Domingos
Assessor de Comunicação do Grupo Estância Bahia
Telefone: (66) 3468-6600/ (66) 9622-7768

Em São Paulo: Pec Press - Imprensa Agropecuária
Adilson Rodrigues - Jornalista Responsável (Mtb 52.769)
Robson Rodrigues - Coordenação e Atendimento
Telefones: (11) 3876-8648 / 8642-8773
adilson@pecpress.com.br e robson@pecpress.com.br
Acesse nosso blog: www.pecpress.blogspot.com
Skipe: robson.pecpress
MSN: robson.pecpress@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário